Blog

CFO sob demanda: tudo que você precisa saber

Contratação
Futuro do Trabalho
Gestão
Re-design organizacional

Publicado em:

Para CEO

Plataformas de talentos estão em franca expansão. Estamos inseridos em um mercado em grande ebulição e que amadureceu de forma abrupta depois de termos vivido um Lockdown sem precedentes em escala global. Trabalho remoto e encontros assíncronos possibilitaram que empresas tivessem acesso a executivos on demand que antes eram inacessíveis.  

As empresas do futuro, que realmente terão diferenciais competitivos, são aquelas que saberão conciliar talentos internos e externos em seus projetos e necessidades. Em uma pesquisa recente da McKinsey, 40% dos trabalhadores americanos serão independentes até 2025. Na Future Insight, no Brasil, 18% dos empregadores consideram provável o recrutamento de lideranças on demand já em 2023.

Uma das posições mais procuradas é de CFO part-time. Uma startup é uma empresa que busca inovar e crescer em um mercado incerto e competitivo, porém, os últimos anos foram verdadeiras turbulências. Empreendedores estão buscando, constantemente, alavancas para estender runway. Diante desse cenário, é preciso ter uma gestão financeira eficiente e estratégica, que possa acompanhar os desafios do negócio. No entanto, nem sempre é possível contratar um CFO em tempo integral, que tenha a experiência e a visão necessária para liderar a área financeira de uma startup.

Uma alternativa é contar com um CFO part time. Um executivo que trabalha sob demanda e essa demanda pode ser definida conforme a necessidade do negócio, sendo full time por um determinado período ou algumas horas por semana. Nesse caso, é importante que a empresa leve em conta as capacidades críticas do seu momento e entenda a quantidade de horas demandada. Por exemplo, nesse semestre o foco será na captação e planejamento orçamentário. O profissional sob demanda investe seu tempo nesses pontos e pode contar com uma estrutura interna de apoio para seguir com os assuntos táticos e operacionais. Importante ressaltar que um CFO part time pode fazer tudo que um CFO full time faz, uma vez que para esse nível de senioridade, é natural investir a maior parte do tempo em assuntos mais estratégicos do que operacionais. 

Os benefícios desse modelo para uma startup são inúmeros, como ter acesso a uma pessoa sênior, com a expertise correta, no momento adequado, porém garantindo eficiência financeira já que a contratação de uma fração de um executivo é mais eficiente do que contratos integrais. Como parte da sua função, ele pode trazer insights valiosos, como análise de viabilidade, planejamento financeiro adequado, captação de recursos, gestão de riscos, geração de receita, entre outros. Desta forma, o empreendedor pode se concentrar em outros desafios do negócio, como no desenvolvimento do produto ou serviço, na captação de clientes e na expansão do mercado.

Por ser um profissional com vasta experiência e conhecimento, ele pode se adaptar facilmente às mudanças e às demandas da startup, oferecendo soluções rápidas e eficazes para os problemas financeiros que possam surgir.

Além de profissionais sob demanda, a Era Open Talent permitiu que empresas surgissem para atuarem como elo conector entre esses executivos e as companhias. Na Chiefs.Group, plataforma de talentos pioneira no mercado brasileiro, há mais de 1200 executivos cadastrados para atuar em projetos flexíveis. Além do produto de profissionais part time, é possível contratar mentorias, board member on demand ou algum projeto específico através de uma metodologia própria, como planejamento estratégico. 

As possibilidades de atuação são inúmeras. A empresa pode contratar um CFO part time para um fundraising, para um diagnóstico do negócio, desenhar cenários orçamentários e montar a estrutura necessária para o time financeiro. A empresa adere a um plano de assinatura mensal com a Chiefs.Group, onde o valor da assinatura varia de acordo com a quantidade de vagas flexíveis simultâneas que a empresa deseja trabalhar nesse momento. A Chiefs.Group vai apoiar estrategicamente em toda jornada para garantir que o Chief se adapte rapidamente  e gere o valor esperado. O valor do profissional é calculado de acordo com o total compensation e a senioridade do executivo no mercado em relação a fração de horas de atuação combinadas.

Ter acesso aos executivos que são os tomadores de decisão das empresas e ditam valores no novo mundo do trabalho e da nova economia nunca foi tão fácil e acessível. O futuro do trabalho já começou.

Cristiane Mendes

CVO e founder da Chiefs.Group 

Autor

Cris Mendes

CVO

Cristiane Ribeiro Mendes é uma empreendedora, investidora, membro de conselhos, mentora em startups, especialista em transformação digital e futuro do trabalho. É fundadora e CVO da Chiefs.Group, HRTech pioneira em Open Talent Economy no Brasil. A executiva, que ainda é co-fundadora do Delivery Center, Shopping Brasil (atual GFK) e Visor, tem mais de duas décadas de trajetória no ecossistema de empreendedorismo e forte compromisso em impactar positivamente o futuro do trabalho no país.

Conteúdos recentes

Siga nas redes sociais e tenha acesso a mais conteúdos
LinkedInInstagramFacebook