Blog

O papel do RH 5.0

RH
Tendências

Publicado em:

Para RH

Antes de tudo, quando falamos de 5.0, estamos falando de mudanças. O modelo de trabalho atual não cabe um RH meramente operacional, que demite, contrata e faz a folha salarial.

Hoje é clara a interconexão entre tecnologia, dados, humanidade e propósito, de modo que o ser humano é o principal ativo de uma organização. É o capital HUMANO que está no centro de tudo. 

As principais características e pilares do RH 5.0?

  • Tecnologia como aliada: as soluções tecnológicas são projetadas para aprimorar, mas não substituir as habilidades e a expertise dos profissionais de RH.
  • Personalização: o RH 5.0 reconhece a diversidade e as necessidades individuais dos colaboradores, oferecendo soluções flexíveis e adaptáveis a cada um. A vida pessoal não é mais “algo à parte”. 
  • Desenvolvimento: o RH 5.0 valoriza o desenvolvimento contínuo dos colaboradores, com treinamentos, mentorias e diversas oportunidades ao longo do ciclo de um colaborador na empresa. Esse trabalho não é mais resumido em contratar pessoas para cargos, mas atuar em conjunto com esses profissionais pelo progresso individual, conectando com a necessidade do negócio e do mercado.
  • Cultura organizacional: o RH 5.0 reconhece a importância da cultura organizacional conectada ao negócio. A cultura organizacional deve atender às necessidades da empresa para atingir resultados, conectando com práticas humanas. 
  • Análise de dados: o RH 5.0 não toma decisões sem embasamento. A I.A. e a análise de dados são fontes importantes sobre desempenho, cultura, performance, orçamento, estrutura e necessidades dos colaboradores. 
  • Automação de processos: determinadas ferramentas são hoje facilitadoras das tarefas administrativas rotineiras dos RHs, permitindo que os profissionais de RH se concentrem em atividades mais estratégicas. 
  • Liderança e inovação: capacitação de colaboradores, treinamento de lideranças, menos centralização e mais personalização. O RH 5.0 trabalha para que o desenvolvimento individual esteja conectado com o movimento da empresa e do mercado.  

Qual a grande virada de chave para o RH 5.0? Bom, antes de tudo, as novas relações de trabalho quebram um pouco as tradicionais hierarquias que, de forma rasgada, escancaravam: “a empresa manda, o funcionário obedece”, tendo como pressuposto o profissional que é sempre refém do emprego, pois precisa dele.

Hoje caminhamos para um modelo em que o colaborador está no centro das decisões. Cada profissional gera valor e resultado para a empresa. Por isso, é um diferencial competitivo atrair e reter um time qualificado. 

Como foi a experiência desse profissional durante o processo seletivo? Como ele foi recebido na empresa? Quais as oportunidades para esse profissional crescer? Ele tem visibilidade? Bem-estar? Como tem sido a vivência dele na empresa? Ele tem oportunidades de adquirir ou de transmitir conhecimento? Ele tem seus méritos devidamente reconhecidos? Absolutamente tudo isso é levado em consideração.

Aqui, não há mais uma relação unilateral. Empresas e candidatos percorrem uma via de mão dupla que engloba estratégia organizacional, clareza comunicacional, flexibilidade, habilidades e liberdade. 

Apesar de todo o avanço, ainda temos empresas com muitas resistências internas, processos antiquados e com a clara necessidade de adaptação às mudanças. São empresas cujos CEOs, gestores e profissionais de RH ainda têm receio das novas tecnologias, de perder o controle que outrora estavam em suas mãos, têm medo de sair de suas caixinhas pré-programadas, de contratar e ter profissionais trabalhando de formas diferentes das vias tradicionais. 

Dito isso, para que o RH seja 5.0 na PRÁTICA, é necessário estar alinhado com o negócio. Para isso, é importante abraçar as novas tecnologias de forma aberta e certeira, estabelecer a cultura interna de constante aprendizagem e desenvolvimento, construir uma marca empregadora forte e alinhada com os valores da empresa, desenvolver lideranças e priorizar a flexibilidade nas relações de trabalho.

Como está o seu RH?

Autor

Luciana Carvalho

CEO

Co-founder e CEO da Chiefs.Group. Experiência de mais de 15 anos atuando em Recursos Humanos. Formada em Psicologia pela PUC-MG, pós graduação em Gestão de Pessoas pela FGV e realizou seu Executive Program em Stanford. Experiência em empresas como Ambev, Sinch e Movile, onde foi protagonista na criação de dois unicórnios no Brasil. Ampla experiência na construção e manutenção de culturas organizacionais fortes com foco em alta performance. Atuação em M&A, Modelo de Gestão, Mudança e Design Organizacional. Conselheira de empresas nacionais e multinacional de capital aberto.

O futuro do trabalho é agora

Saiba tudo sobre o movimento de talentos sob demanda que está reinventando o trabalho.

Baixe o e-book grátis e tenha acesso ao material preparado pelo nosso time!

Conteúdos recentes

Siga nas redes sociais e tenha acesso a mais conteúdos
LinkedInInstagramFacebook